Técnico em Podologia MEC Híbrido (valor da matrícula)

Sobre o curso

ATENÇÃO: VALOR DO SITE APENAS PARA MATRÍCULA!

A importância dos pés está no fato de que dependemos dele para tudo. Ele é um aparelho de 26 ossos que foi feito para sustentar uma determinada carga e é muito eficiente se bem cuidado. Os pés são a base de sustentação do nosso corpo: suportam todo o nosso peso, são responsáveis por conseguirmos ficar de pé e também por nossa locomoção. Por estes motivos, estão sujeitos a muita tensão e desgaste e podem ser afetados por calosidades, rachaduras, problemas nas unhas e doenças na pele, entre outros males.
A Podologia é a área da saúde que estuda e cuida dos pés. Seu objetivo não é apenas estético, como muitos podem pensar. Esta ciência é dedicada a diagnosticar, prevenir, estudar, investigar e tratar as patologias dos pés. O podólogo possui conhecimentos em fisiologia, patologia, anatomia, microbiologia e imunologia. Ele entende a biomecânica dos tornozelos e dos pés e compreende os problemas que podem dificultar nossa caminhada.

É importante que o profissional especializado em Podologia tenha habilidades manuais, interesse pela área da saúde e goste de cuidar de outras pessoas. 
 

ÁREAS DE INTERVENÇÃO EM PODOLOGIA
Um podólogo pode atuar em clínicas, hospitais, salões de beleza e até mesmo como autônomo. Ele atende pacientes de qualquer idade e pode se especializar em algumas áreas, tais como:
Podopediatria – É o tratamento e cuidado com o pé de crianças. O pé de uma criança é bastante flexível, visto que sua estrutura ainda está sendo formada. Um dos principais objetivos da podopediatria é assegurar o correto crescimento dos pés e evitar problemas posteriores.
Podogeriatria – É o cuidado com os pés de pessoas idosas. Seu objetivo é amenizar as alterações nos pés causadas pelo envelhecimento.
Pé de Risco – Também chamada de pé diabético, esta área trata dos pés de pessoas que sofrem de insuficiências vasculares, neurológicas e metabólicas. Para este grupo de pessoas, uma simples ferida pode evoluir para um quadro mais complexo e por isso é necessário o acompanhamento sistemático de um podólogo.
Podologia Desportiva – Quando se trata da prática de esportes, os pés assumem um papel não só de locomoção, mas também de suporte e até mesmo de ataque. O esforço repetitivo e a sobrecarga aumentam a probabilidade do aparecimento de lesões nos pés. Um podólogo especializado nesta área estuda os movimentos de diferentes práticas desportivas para tratar dos pés e prevenir as lesões.
Podologia Laboral – Trata dos pés de trabalhadores. Esta área preocupa-se com o ambiente de trabalho dos pacientes e seus hábitos com relação à postura (se fica muito tempo em pé, caminha bastante, etc.). Um profissional desta área orienta os pacientes quanto ao tipo de calçado adequado para cada atividade e tipo de piso.
Preventiva – A podologia preventiva tem como foco de atuação a prevenção de diversos problemas que afetam os pés como unhas encravadas, rachaduras, micoses, bolhas etc. Nesta área além de realizar o corte correto das unhas, hidratação e higienização, o podólogo irá orientar sobre os principais cuidados com os pés que devem ser tomados por cada paciente após uma análise de sua rotina. 
Ortopédica (ortopodologia) – A ortopodologia atua no tratamento de alterações morfológicas, funcionais e estruturais do pé. Ela irá redistribuir corretamente as forças e pesos do corpo exercidos sobre o pé e assim normalizar o equilíbrio, aumentar a estabilidade e melhorar a qualidade de vida através do uso de palmilhas corretivas feitas sob medida e outros corretores ortopédicos. 

DIFERENÇAS ENTRE PODÓLOGOS E PEDICURES
O podólogo é um profissional da área da saúde que tem a função de promover a saúde dos pés. Ele precisa ter alguma formação na área (pode iniciar sua carreira com curso técnico) e é capaz de identificar e tratar de doenças dos pés. 
A podologia é um ramo auxiliar da medicina, e cada dia mais se torna uma área independente e de importância igual à da medicina e odontologia.
Já o pedicure realiza atividades relacionadas ao embelezamento dos pés e unhas como por exemplo: cuidados com cutículas, limpeza e esmaltação. Existem cursos profissionalizantes nesta área, porém o pedicure não tem a necessidade de um diploma de curso técnico ou superior para desenvolver suas atividades.
É muito comum encontrarmos pedicures que conseguem, por exemplo, desencravar a unha de seus clientes, devido a sua experiência em lidar com esse tipo de problema. No entanto, o podólogo é o profissional mais indicado para isso, pois é capaz de lidar com doenças dos pés e possui conhecimentos sobre processos inflamatórios e infecciosos, biossegurança e patologias dos pés.
 

MERCADO DE TRABALHO EM PODOLOGIA
A área de saúde e bem-estar é uma das mais promissoras no mercado de trabalho. A busca por qualidade, o aumento da expectativa de vida e a diversificada oferta de cuidados especiais para atletas, idosos ou pessoas com doenças crônicas, como diabetes, faz com que o podólogo seja um profissional bastante requisitado e valorizado.
Pesquisas em Portugal, Espanha, EUA e em idosos no Brasil, apontam que aproximadamente 80% das pessoas tem algum problema nos pés, ou seja, de cada 10 pessoas que cruzamos no dia a dia, 8 tem algo que pode ser tratado. No Brasil, seriam um pouco mais de 160 milhões de pessoas. Isso quer dizer é que não falta mercado e nem público para serem atendidos.
Um podólogo consegue atuar em clínicas especializadas, hospitais, fazer atendimento domiciliar, trabalhar em clubes, equipes esportivas, SPAs, academias de ginástica, etc. Para cada um desses exemplos, obviamente, o profissional precisará de capacitações especiais. Contudo, as oportunidades só aumentam e, consequentemente, os ganhos também.

Oportunidade: A podologia é um mercado em expansão e POUCO EXPLORADO.

Como os males dos pés não fazem distinção de classe social, qualquer local é passível de ter um espaço de podologia. Considerando as pesquisas de 80% da população a ser tratada, não haveria podólogos suficientes para tratar de todas as pessoas e males atualmente, sem repetir nenhuma vez um paciente, durante toda uma geração profissional de podólogos técnicos graduados. Isso quer dizer que qualquer espaço de podologia tem grande chance de sucesso, se feito de forma correta.
Como é um mercado em expansão, quem percebe a oportunidade está investindo

A IMPORTÂNCIA DA PODOLOGIA
Para o Professor Armando Bega, a Podologia não deveria estar dentro do salão de beleza, o que acaba deturpando a profissão. O Professor adverte que a Pedicure é a profissional responsável por cuidados externos e higiene dos pés, do embelezamento, ou melhor, tira a cutícula, lixa e passa o esmalte. Já o Podólogo atua na área da Saúde, estuda e trata das afecções, como unha encravada, calos, micose e outros. “Não posso olhar a beleza, preciso avaliar se os pés não têm alteração biomecânica, ou qualquer problema relacionado com as unhas. Independe da cor da pele, tamanho ou sexo. O conceito de pé bonito é diferente para um podólogo”, esclarece.

O curso técnico em podologia é rápido e qualificado. Este curso prepara de forma eficaz o aluno para ingressar no mercado de trabalho.

$$  QUANTO GANHA UM PODÓLOGO? $$
O salário médio nacional de um Podólogo é de R$ 3.242 por mês em Brasil (fonte: https://www.glassdoor.com.br/Salários).
Em uma clínica própria, o podólogo pode ter autonomia e trabalhar conforme horário que ele mesmo faz. Levando em consideração que um atendimento num podólogo hoje em dia pode variar entre R$100,00 a R$200,00 reais (em média, pois depende muito do tipo de tratamento, profissional, local, etc), faça uma conta rápida:
Vamos considerar um valor de R$150,00 por atendimento. Atendendo apenas 3 clientes por dia, 5 dias na semana: Em um mês você terá um rendimento de aproximadamente R$9.000,00!!! 
E qual o valor do investimento do curso perto da possibilidade de ganhos? Faça as contas pra ver como vale a pena fazer o curso técnico!
 

O curso é dividido em quatro módulos, abrangendo as disciplinas:

  • Relações Humanas no Trabalho;
  • Ética Profissional e Legislação Aplicada; 
  • Biossegurança e Prevenção em Saúde; 
  • Primeiros Socorros e Higiene Pessoal; 
  • Metodologia Científica, Administração;
  • Gerenciamento e Marketing;
  • Anatomia e Fisiologia Humana;
  • Anatomia e Fisiologia dos Pés;
  • Dermatologia, 
  • Micologia;
  • Parasitologia e Microbiologia;
  • Patologias Específicas em Podologia;
  • Farmacologia Aplicada;
  • Cinesiologia;
  • Biodinâmica e Tipos Anatômicos dos Pés;
  • Reflexologia Podal;
  • Técnicas Profissionais de Podologia;
  • Onicoórtese;
  • Correntes (HF e MENS);
  • Prática Profissional e Biossegurança Aplicada;
  • Trabalho de Conclusão de Curso.

TODAS AS PRÁTICAS SÃO FEITAS EM NOSSOS LABORATÓRIOS! VOCÊ APRENDE OS PROCEDIMENTOS REALMENTE NA PRÁTICA!

TÁ ESPERANDO O QUÊ? FAÇA AGORA SUA MATRÍCULA E SE PRAPARE PARA O FUTURO!

DISPONIBILIDADE DO CURSO:

Integral segunda e terça (terças-feiras alternadas) - 18 meses, podendo variar conforme calendário pedagógico (Aulas 2ª e 3ª das 08:00hs às 12:00hs e 13:00 às 17:00)

ATENÇÃO: O VALOR APRESENTADO NO SITE É REFERENTE APENAS À MATRÍCULA DO CURSO. 

O PLANO NORMAL DE PAGAMENTO, ALÉM DA MATRÍCULA, É DE 18 PARCELAS DE R$239,00.

Certificado: Será entregue no término do curso, mediante a entrega dos documentos.

Técnico em Podologia (Resolução nº 2194/08 de 27 de maio de 2008)

Técnico em Podologia MEC Híbrido (valor da matrícula)

1x de R$100,00 sem juros

ou até 3x de R$35,06 no cartão de crédito

Duração: 1200 horas/aula

Aulas: 1200

Início em 07/02/2022

Inscrições até 07/02/2022

Certificado no final do curso

Sobre o curso

ATENÇÃO: VALOR DO SITE APENAS PARA MATRÍCULA!

A importância dos pés está no fato de que dependemos dele para tudo. Ele é um aparelho de 26 ossos que foi feito para sustentar uma determinada carga e é muito eficiente se bem cuidado. Os pés são a base de sustentação do nosso corpo: suportam todo o nosso peso, são responsáveis por conseguirmos ficar de pé e também por nossa locomoção. Por estes motivos, estão sujeitos a muita tensão e desgaste e podem ser afetados por calosidades, rachaduras, problemas nas unhas e doenças na pele, entre outros males.
A Podologia é a área da saúde que estuda e cuida dos pés. Seu objetivo não é apenas estético, como muitos podem pensar. Esta ciência é dedicada a diagnosticar, prevenir, estudar, investigar e tratar as patologias dos pés. O podólogo possui conhecimentos em fisiologia, patologia, anatomia, microbiologia e imunologia. Ele entende a biomecânica dos tornozelos e dos pés e compreende os problemas que podem dificultar nossa caminhada.

É importante que o profissional especializado em Podologia tenha habilidades manuais, interesse pela área da saúde e goste de cuidar de outras pessoas. 
 

ÁREAS DE INTERVENÇÃO EM PODOLOGIA
Um podólogo pode atuar em clínicas, hospitais, salões de beleza e até mesmo como autônomo. Ele atende pacientes de qualquer idade e pode se especializar em algumas áreas, tais como:
Podopediatria – É o tratamento e cuidado com o pé de crianças. O pé de uma criança é bastante flexível, visto que sua estrutura ainda está sendo formada. Um dos principais objetivos da podopediatria é assegurar o correto crescimento dos pés e evitar problemas posteriores.
Podogeriatria – É o cuidado com os pés de pessoas idosas. Seu objetivo é amenizar as alterações nos pés causadas pelo envelhecimento.
Pé de Risco – Também chamada de pé diabético, esta área trata dos pés de pessoas que sofrem de insuficiências vasculares, neurológicas e metabólicas. Para este grupo de pessoas, uma simples ferida pode evoluir para um quadro mais complexo e por isso é necessário o acompanhamento sistemático de um podólogo.
Podologia Desportiva – Quando se trata da prática de esportes, os pés assumem um papel não só de locomoção, mas também de suporte e até mesmo de ataque. O esforço repetitivo e a sobrecarga aumentam a probabilidade do aparecimento de lesões nos pés. Um podólogo especializado nesta área estuda os movimentos de diferentes práticas desportivas para tratar dos pés e prevenir as lesões.
Podologia Laboral – Trata dos pés de trabalhadores. Esta área preocupa-se com o ambiente de trabalho dos pacientes e seus hábitos com relação à postura (se fica muito tempo em pé, caminha bastante, etc.). Um profissional desta área orienta os pacientes quanto ao tipo de calçado adequado para cada atividade e tipo de piso.
Preventiva – A podologia preventiva tem como foco de atuação a prevenção de diversos problemas que afetam os pés como unhas encravadas, rachaduras, micoses, bolhas etc. Nesta área além de realizar o corte correto das unhas, hidratação e higienização, o podólogo irá orientar sobre os principais cuidados com os pés que devem ser tomados por cada paciente após uma análise de sua rotina. 
Ortopédica (ortopodologia) – A ortopodologia atua no tratamento de alterações morfológicas, funcionais e estruturais do pé. Ela irá redistribuir corretamente as forças e pesos do corpo exercidos sobre o pé e assim normalizar o equilíbrio, aumentar a estabilidade e melhorar a qualidade de vida através do uso de palmilhas corretivas feitas sob medida e outros corretores ortopédicos. 

DIFERENÇAS ENTRE PODÓLOGOS E PEDICURES
O podólogo é um profissional da área da saúde que tem a função de promover a saúde dos pés. Ele precisa ter alguma formação na área (pode iniciar sua carreira com curso técnico) e é capaz de identificar e tratar de doenças dos pés. 
A podologia é um ramo auxiliar da medicina, e cada dia mais se torna uma área independente e de importância igual à da medicina e odontologia.
Já o pedicure realiza atividades relacionadas ao embelezamento dos pés e unhas como por exemplo: cuidados com cutículas, limpeza e esmaltação. Existem cursos profissionalizantes nesta área, porém o pedicure não tem a necessidade de um diploma de curso técnico ou superior para desenvolver suas atividades.
É muito comum encontrarmos pedicures que conseguem, por exemplo, desencravar a unha de seus clientes, devido a sua experiência em lidar com esse tipo de problema. No entanto, o podólogo é o profissional mais indicado para isso, pois é capaz de lidar com doenças dos pés e possui conhecimentos sobre processos inflamatórios e infecciosos, biossegurança e patologias dos pés.
 

MERCADO DE TRABALHO EM PODOLOGIA
A área de saúde e bem-estar é uma das mais promissoras no mercado de trabalho. A busca por qualidade, o aumento da expectativa de vida e a diversificada oferta de cuidados especiais para atletas, idosos ou pessoas com doenças crônicas, como diabetes, faz com que o podólogo seja um profissional bastante requisitado e valorizado.
Pesquisas em Portugal, Espanha, EUA e em idosos no Brasil, apontam que aproximadamente 80% das pessoas tem algum problema nos pés, ou seja, de cada 10 pessoas que cruzamos no dia a dia, 8 tem algo que pode ser tratado. No Brasil, seriam um pouco mais de 160 milhões de pessoas. Isso quer dizer é que não falta mercado e nem público para serem atendidos.
Um podólogo consegue atuar em clínicas especializadas, hospitais, fazer atendimento domiciliar, trabalhar em clubes, equipes esportivas, SPAs, academias de ginástica, etc. Para cada um desses exemplos, obviamente, o profissional precisará de capacitações especiais. Contudo, as oportunidades só aumentam e, consequentemente, os ganhos também.

Oportunidade: A podologia é um mercado em expansão e POUCO EXPLORADO.

Como os males dos pés não fazem distinção de classe social, qualquer local é passível de ter um espaço de podologia. Considerando as pesquisas de 80% da população a ser tratada, não haveria podólogos suficientes para tratar de todas as pessoas e males atualmente, sem repetir nenhuma vez um paciente, durante toda uma geração profissional de podólogos técnicos graduados. Isso quer dizer que qualquer espaço de podologia tem grande chance de sucesso, se feito de forma correta.
Como é um mercado em expansão, quem percebe a oportunidade está investindo

A IMPORTÂNCIA DA PODOLOGIA
Para o Professor Armando Bega, a Podologia não deveria estar dentro do salão de beleza, o que acaba deturpando a profissão. O Professor adverte que a Pedicure é a profissional responsável por cuidados externos e higiene dos pés, do embelezamento, ou melhor, tira a cutícula, lixa e passa o esmalte. Já o Podólogo atua na área da Saúde, estuda e trata das afecções, como unha encravada, calos, micose e outros. “Não posso olhar a beleza, preciso avaliar se os pés não têm alteração biomecânica, ou qualquer problema relacionado com as unhas. Independe da cor da pele, tamanho ou sexo. O conceito de pé bonito é diferente para um podólogo”, esclarece.

O curso técnico em podologia é rápido e qualificado. Este curso prepara de forma eficaz o aluno para ingressar no mercado de trabalho.

$$  QUANTO GANHA UM PODÓLOGO? $$
O salário médio nacional de um Podólogo é de R$ 3.242 por mês em Brasil (fonte: https://www.glassdoor.com.br/Salários).
Em uma clínica própria, o podólogo pode ter autonomia e trabalhar conforme horário que ele mesmo faz. Levando em consideração que um atendimento num podólogo hoje em dia pode variar entre R$100,00 a R$200,00 reais (em média, pois depende muito do tipo de tratamento, profissional, local, etc), faça uma conta rápida:
Vamos considerar um valor de R$150,00 por atendimento. Atendendo apenas 3 clientes por dia, 5 dias na semana: Em um mês você terá um rendimento de aproximadamente R$9.000,00!!! 
E qual o valor do investimento do curso perto da possibilidade de ganhos? Faça as contas pra ver como vale a pena fazer o curso técnico!
 

O curso é dividido em quatro módulos, abrangendo as disciplinas:

  • Relações Humanas no Trabalho;
  • Ética Profissional e Legislação Aplicada; 
  • Biossegurança e Prevenção em Saúde; 
  • Primeiros Socorros e Higiene Pessoal; 
  • Metodologia Científica, Administração;
  • Gerenciamento e Marketing;
  • Anatomia e Fisiologia Humana;
  • Anatomia e Fisiologia dos Pés;
  • Dermatologia, 
  • Micologia;
  • Parasitologia e Microbiologia;
  • Patologias Específicas em Podologia;
  • Farmacologia Aplicada;
  • Cinesiologia;
  • Biodinâmica e Tipos Anatômicos dos Pés;
  • Reflexologia Podal;
  • Técnicas Profissionais de Podologia;
  • Onicoórtese;
  • Correntes (HF e MENS);
  • Prática Profissional e Biossegurança Aplicada;
  • Trabalho de Conclusão de Curso.

TODAS AS PRÁTICAS SÃO FEITAS EM NOSSOS LABORATÓRIOS! VOCÊ APRENDE OS PROCEDIMENTOS REALMENTE NA PRÁTICA!

TÁ ESPERANDO O QUÊ? FAÇA AGORA SUA MATRÍCULA E SE PRAPARE PARA O FUTURO!

DISPONIBILIDADE DO CURSO:

Integral segunda e terça (terças-feiras alternadas) - 18 meses, podendo variar conforme calendário pedagógico (Aulas 2ª e 3ª das 08:00hs às 12:00hs e 13:00 às 17:00)

ATENÇÃO: O VALOR APRESENTADO NO SITE É REFERENTE APENAS À MATRÍCULA DO CURSO. 

O PLANO NORMAL DE PAGAMENTO, ALÉM DA MATRÍCULA, É DE 18 PARCELAS DE R$239,00.

Certificado: Será entregue no término do curso, mediante a entrega dos documentos.

Técnico em Podologia (Resolução nº 2194/08 de 27 de maio de 2008)

Dúvidas frequentes

Quanto tempo dura o curso?

Depende do curso que você escolher. Temos curso de 4 horas/aula até cursos técnicos com 1200 horas, equivalente a um ano e meio de curso.

O que são essas categorias de cursos?

Nem todas as pessoas podem ou querem fazer qualquer tipo de curso. Por isso os cursos são divididos nessas categorias.

Livres: aberto a qualquer público. Qualquer pessoa pode fazer. Geralmente cursos rápidos.

Formação: são cursos em áreas mais específicas e com maior duração, com conteúdo mais completo já preparando o aluno para atuar na área escolhida.

Técnicos: são cursos de eixo tecnológico reconhecidos pelo MEC, onde ao final o aluno recebe certificado registrado e se torna um profissional habilitado para o mercado de trabalho. Para pessoas terminando ou que já completaram o ensino médio.

Quais os benefícios do curso presencial?

Com aulas presenciais, você tem contato direto com o professor, que está à disposição para tirar dúvidas em tempo real. Além disso, a dúvida de seus colegas pode ser a sua dúvida. A interação de turma proporciona um ambiente com muito mais rendimento de conteúdo, melhorando de todas as formas o aprendizado. Ainda existem as práticas, que são fundamentais para aprender técnicas manuais.

Meu certificado será reconhecido pelo MEC?

Depende. O MEC não é responsável pelos diversos cursos e modalidades oferecidos no Brasil. São reconhecidos pelo MEC somente cursos Técnicos, Tenólogos, Graduação e Pós-Graduação strictu sensu com mais de 360 horas. Cursos rápidos não são regidos pelo MEC. Por isso é importante escolher uma instituição habilitada para garantir a qualidade do seu curso. Aqui na Ágata possuímos autorização de funcionamento e nossos cursos técnicos são reconhecidos pelo MEC. Além disso, todos nossos certificados são registrados e possuem nosso CNPJ para conferência e legitimidade do documento.

Cursos relacionados que você pode gostar

Técnico em Estética MEC Híbrido (valor de matrícula)

1x de R$100,00 sem juros

3x de R$35,06

1200 horas/aula

Técnico em Massoterapia MEC Híbrido (valor da matrícula)

1x de R$100,00 sem juros

3x de R$35,06

1200 horas/aula

Estamos online no Whatsapp